domingo, 11 de agosto de 2013

Quem dera que minha poesia chegaria tão longe


Em minhas pesquisas na internet deparei-me com a publicação acima.
Trata-se de uma de minhas poesias, "Quem dera!", publicada no dia 26 de maio de 2012, no Jornal Central do Rio Grande do Norte.
Confesso que fiquei muito surpreso e honrado com isso.
Ter uma poesia reconhecida a ponto de ser divulgada em um jornal de grande circulação e, ainda mais, ao lado de dois dos maiores poetas brasileiros, Fernando Pessoa e Carlos Drummond de Andrade, é algo muito além do que imaginava, quando comecei a escrever meus primeiros versos.
É muito gratificante para um poeta ter seu trabalho reconhecido. Não há dinheiro que pague isso.
Sou do Rio Grande do Sul, moro em São Paulo e minha poesia chegou ao Rio Grande do Norte. Isso é prova de que os versos não reconhecem fronteiras, quando são criados com amor e dedicados aos leitores, verdadeiros donos da poesia.
Já dizia Pablo Neruda: "A poesia não é de quem escreve, mas de quem a usa."
Agradeço ao Jornal Central pela publicação.

Um forte abraço a todos!

Alex Dahlke

4 comentários:

  1. Oi Alex que legal sua poesia chegando em mil lugares Parabens sua poesia e linda. Eu na verdade sou carioca, mas vivo na Alemanha. Mil bjus e obrigada por sua visita fiquei muiiiiito feliz de receber um ppoeta no meu cantinho. bj.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vinha!
      Muito obrigado pelo seu elogio.
      Gostei muito do seu blog. Deve ser muito bom viver aí...
      Beijos!

      Alex

      Excluir
  2. Prezado Dahlke,

    Postei os 5 títulos, por R$ 34,90 cada, com a seguinte descrição: ISBN: 9788578694425. 96 páginas. Livro novo! O autor, Alex Dahlke, comenta: "Foram três anos de muito trabalho, mas agora percebo que valeu cada momento que despendi escrevendo, pesquisando, entrevistando pessoas, etc. O livro conta a história do balneário que encanta o coração do Rio Grande do Sul. Ponto turístico de minha terra natal, que precisava ficar marcado na história, por meio de relatos e fotografias peculiares. Tenho a plena certeza de que os leitores irão gostar de passear pelas páginas do livro, como se estivessem andando pelas areias do balneário." Somente 200 exemplares. Livro único na EV!

    Ficou bom? Veja lá na Estante Virtual ! Forte abraço e sucesso!

    Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou ótimo.
      Muito obrigado pela força.
      Espero que os leitores gostem.

      Abraço!

      Alex

      Excluir