domingo, 9 de junho de 2013

Brasil, um país do futuro


Stefan Zweig publicou o livro em 1941, época em que fugia do nazismo e fazia no Brasil sua morada.
Uma obra que logo virou clássico, por ser considerada avançada para o seu tempo e muito bem aceita pela crítica.
No entanto, seu título tão forte, que passou a ser usado por muita gente como uma expressão de otimismo e fé nas mudanças em nosso país, não deixou claro quando seria esse futuro, ou melhor, está sempre adiando o sonho brasileiro de tornar-se primeiro mundo.
Uma bela obra, sem dúvida. Mas acredito que deveríamos deixar de usar seu título como lema, pois é de bom tom dizer para quem quiser ouvir:

BRASIL, O PAÍS DO AGORA!

O futuro é hoje. Não pode ser adiado eternamente.

Você conseguirá mais informações sobre o livro em www.lpm.com.br

Um forte abraço!

2 comentários: